Skip to content
May 20, 2011 / ipvanoticias

Viaturas estão com IPVA atrasado

Todos os carros são do 21º Batalhão, sediado em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata. Para verificar a situação de cada carro, uma consulta ao site do Detran foi feita no dia 11 de abril

 As Associações dos Militares do Estado (AME) e de Cabos e Soldados (ACS) resolveram endurecer o tom contra o governo, mesmo após a aprovação pela Assembleia Legislativa do reajuste escalonado, começando com 11,6% para este ano. Na assembleia da categoria, realizada no Derby, área central do Recife, na quinta-feira (19), ao lado do comando-geral da corporação, os diretores denunciaram que viaturas da PM estão circulando de forma irregular. Algumas com cotas do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) atrasadas.

Para formalizar a acusação, as entidades prometeram levar nesta sexta (20) ao Ministério Público uma planilha com a placa de 40 veículos que estariam com irregularidades, como taxas (como tapa-buraco e bombeiros) e licenciamento atrasados. Todos os carros são do 21º Batalhão, sediado em Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata. Para verificar a situação de cada carro, uma consulta ao site do Detran foi feita no dia 11 de abril. “A gente cobra legalidade da população. Mas a própria polícia manda o policial às ruas com viaturas em atraso”, criticou o capitão Vladimir Assis, presidente da AME.

À noite, irritados com o que chamaram de “manobra para esvaziar a assembleia”, alguns policiais fecharam os dois sentidos da Avenida Agamenon Magalhães, principal corredor viário do Recife, por cerca de 20 minutos. Apenas umas faixa em cada sentido ficou liberada.

Os diretores das associações disseram que os comandantes de batalhões deram ordens para os subordinados ficarem de prontidão e, assim, faltar à assembleia. Policiais que chefiam serviços administrativos também receberam ordens para escalar soldados para ir às ruas, no trabalho operacional.

Em nota, a assessoria da PM justificou a iniciativa como esforço para reduzir os índices de violência no Estado. “Esse procedimento é uma medida corriqueira, principalmente quando se aproxima o fim de semana ou quando determinadas áreas apresentam necessidade desse reforço extra”, disse um trecho da nota.

Por telefone, o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, ao ver a lista com as taxas e licenciamento em atraso, rebateu a denúncia sobre as viaturas. “Temos 2.252 viaturas locadas e outras 1.833 patrimoniadas. A consulta ao site do Detran foi feita em abril. A situação hoje pode ser outra. Em relação às viaturas locadas, as empresas são responsáveis. As que não são de locadoras, o comando de cada batalhão deve se responsabilizar”, disse.

FONTE: http://jconline.ne10.uol.com.br

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: